guardanapos.

Hoje eu almoço só. E não é porque eu queria, um outro dia talvez eu até quisesse, mas hoje não. Eu queria um almoço à dois porque ele só seria um pretexto para ter um pouco de conversa que fosse capaz de romper o silêncio deste dia. Eu queria uma conversa amistosa, sem armas na mesa. Talvez um beijo de sobremesa, para uma refeição com sorrisos. Eu não sei, mas penso que quando se está em sincronia, explicitar não seja tão necessário assim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s