Sutil.

Tic. Tac! Taquicardia. Descompasso. Arritmia. No intervalo entre uma onda e outra eu vi meu pé afundar na areia, lentamente, pianino. Eu sou pequeno demais pro que eu tenho dentro de mim. Eu gosto de frases aleatórias com sentidos bem nítidos. Eu gosto de quando eu falo e de da forma que seus ouvidos ouvem mais do que eu as palavras querem dizer. Eu gosto do espaço que teu abraço deixa pra um sorriso. Eu gosto do fato de seus olhos rejeitarem o verde e deixá-los pra mim. Eu gosto de sua voz não soar como veludo, e sim como uma pedra bem polida pelo rio. Eu gosto quando confundo sua voz com o som do vento nas árvores e quando eu descanso nos teus braços feito as águas de um rio no mar. Eu gosto de sua presença transformar todo dia em domingo e seu cuidado transformar em lar qualquer lugar. Eu gosto do seu sorriso se abrindo sincronizado com meus braços a espera de teu abraço. Eu gosto da tua caligrafia e do modo como você desenha nossos dias. Eu gosto de como você conta teu conto sem precisar de rimas. Eu gosto de tua pressa e de tua calmaria. Eu só não gosto de pensar como seria se meus dias não tivessem encontrado os seus dias.

Anúncios