Tchau amor (repetição).

Para fazer mais sentido.

Tchau amor. Fecha a porta por dentro que eu estou deixando as chaves aqui. Chegou um momento que não é mais suficiente todas as flores que eu quis te entregar, todos os sonhos que eu sonhei para te encontrar, nem todos os caminhos que pecorri para te encontrar. Eu vou de malas e sonhos atrás das palavras perfeitas para te agradar. Pois se eu não posso te agradar com o melhor que eu tenho, isso não faz sentido para mim.

… e o blog continua fechado.

parábola.

O homem só e uma montanha. Está escuro, não há ninguém por perto. Este homem, que caminhou por centenas de lugares, atravessou as correntezas dos rios mais selvagens, enfrentou os animais mais ferozes, suportou a dor dos espinhos mais profundos, agora está parado a observar a montanha. Ela é grande, e parece o enfrentar. Ao mesmo tempo ela parece o atrair, o seduzir. Ele não tem nada além de tuas vestes, ele não tem arma ou ferramenta alguma para ir de encontro a montanha.
Então ele olha. Olha mais um pouco. E senta. Olha ao redor, não há ninguém. Olha para cima e ver se formar uma tormenta no céu. Ele precisa decidir. Há uma velha estrada rural que se desvia da montanha, contornando-a, e há também, na sua frente, a montanha e seus obstáculos.
Ele pensa em subir, começar a caminhada rumo ao topo e enfim alcançar o outro lado. Ele olha mais uma vez ao céu, olha para seus pés cansados e outra vez senta-se. Toma um cochilo, acorda com uma gota só atingindo teu rosto. Ele fica ali, e olha uma terceira vez ao céu. Ele vê o sol surgindo atrás da montanha, no mesmo instante que a chuva cai. Ele sorri, renova-se ali, de braços abertos, convicto a subir montanha à cima e alcançar o céu.

Esqueça as coisas grandes, você não pode levá-las com você. Alegre-se nas pequenas coisas e sonhe com as gigantescas. Abrace e faça feliz a quem estiver por perto, atraia quem estiver mais afastado. Conserve seus caminhos que levam ao auto-conhecimento, explore seus sentimentos ao extremo. Abrace quando quiser confortar alguém, sorria quando quiser alegrar, cale quando quiser entender.

E de você eu só quero isso, ter você por perto. Que você seja mais que uma canção que me alegra na tristeza, mas a melodia que me acompanha no canto de alegria!