Tic-Tac.

O amor não dá conta de tudo. O amor é a ingnição de vários processos, mas não é o processo em si. Sabe, é um tanto quanto decepcionante ver seus planos indo embora como vai o barquinho de papel no corrego. Ele começa, fica ali pertinho, você acha que lento assim ele jamais vai tão longe. Passa algum tempo e você se distrái e ele já vai sumindo de teu campo de visão e controle, assim, lentamente. Vai te dar vontade de gritar no mesmo momento que o silêncio vai te preencher. Vai te dar vontade de correr no mesmo momento que você vai querer ficar. Tudo vai virar lembranças e planos, e oscilarão tão rápido que você vai ser incapaz de distinguir o que é a verdade. Na busca da felicidade eu chego perto, provo dela, e até me comprometo a ficar a vida, mas eu sou mais uma vez mal interpretado. E outra vez… e outra vez. Mas quando a ALMA quer, a alma espera. Estou sentado da primeira fila pra te receber.

Anúncios

de nós. demais.

Engraçado eu me sentir cheio com a casa vazia. Não foi necessário mais de cinco pessoas bem escolhidas para eu encontrar o que muitos precisam encontrar em um barsinho, em uma praça, em um lugar mais distante, ou menos calmo. As vezes é mais divertido ligar de última hora e combinar quem leva o refrigerante, ou quem escolhe o filme, ou que música deve ser a próxima a ser tocada a esperar o ano inteiro por uma cópia clichê de qualquer coração alheio. Salvo as boas intenções, os risos por bons-reais-motivos. Sonho com isso todo dia, realizo numa tarde.

Filhinho.

pra onde você foi? Por que escolheu por um fim a tentar mudar? O que mais vai ter que perder pra valorizar o que tem? O que vai ser de você sozinho por aí? E quando eu quiser te ver, onde devo te procurar? E quando estiver só, por quem devo chamar? No que agora devo acreditar?
Eu tentei mudar, eu tentei crescer. Se hoje eu choro ao lembrar, eu fiz por merecer. Não quero me ausentar, eu quero merecer ser aquele alguém pra voce sempre confiar.

sobre grandes amores.

Grandes amores nao duram para sempre. Na verdade eles nem duram, só acontecem. Grandes amores sao frageis e intensos. Nascem em um beijo, um abraço, um olhar. Grandes amores são como cometas, e não tem plural. Um grande amor tem que ser guardado e conservado. Um grande amor não mede esforços, ultrapassa a razão. Enquanto eu pensar, serei incapaz de amar.

Ovos e bacon.

Reciprocidade. Mais uma palavra bonita que encontrei no dicionário. No dicionário. É engraçado, soletrar quase todo mundo sabe, até usa, mas sequer percebem o ‘peso’ que ela trás. Existe algo parecido na física, “Ação e reação”. Newton era um poeta, ou só um físico? Ou só mais um louco?
Bem, eu quero jogar um jogo, mas sozinho eu não posso, ou melhor, não prefiro. Eu quero abrir um negócio, mas preciso de um sócio. Eu não quero um sócio que só reparta comigo o lucro, mas sim um que divida comigo também as despesas.
Quando eu era um pouco mais novo, ouvi uma ‘lição’ de um general (não me lembro bem) americano na Guerra. Ele queria incentivar seus comandados a irem à luta, e darem tudo de si, para defenderem seu país. Então, esse general, usou um ‘exemplo’ bastante ‘interessante’, algo que poderiamos chamar de “a Teoria dos ovos e bacon”. Nessa ‘teoria’, ele citava o café da manhã típico de soldados americanos em guerras: ovos e bacon. Então, ele disse o seguinte:
“Senhores, quero um minuto da vossa atenção. Nós estamos indo à uma batalha, e não é uma batalha qualquer. Alguns de nós não voltarão para ver suas esposas, filhos, amigos, familiares, o seu padeiro da esquina, ou o teu time do coração em campo. Soldados, embora outros países estejam do nosso lado nesse confronto, nenhum deles está tão engajado quanto nós, pois essa Guerra é nossa. Senhores, eles são como os ovos de seu café na manhã. O compromisso deles nessa guerra é frágil, e assim que essa guerra vos parecer inviável, eles saíram. Eles são como a galinha que pôs o ovo para vosso café da manhã. Ela só teve de pôr o ovo. Sentiu dor, é claro, mas depois passou. Ela não sofreu nenhum dano a mais que não pudesse suportar. Diferente do bacon. O porco teve de ser sacrificado, teve de perder a própria vida para que você pudesse estar comendo esse bacon neste momento. É isso que quero lhes dizer, que nós, americanos, estamos dispostos a dar nossa vida, tudo que temos para vencer essa batalha. Somos como o porco, que deu a sua vida por um ideal maior. É sobre isso que eu quero que vocês reflitam, meus caros. E que Deus abençoe a América.”

– É isso. Fica a dica.

Filha.

– Filha, vem cá, o pai quer te dizer algumas coisas importantes. Lembra de quando você era pequenininha e o papai te contava historinhas para dormir, e então, o papai te falava sobre as estrelas, o mar, a areia da praia e que um dia você poderia ser o que quiser? Bom, filha, você mesmo pode perceber que você não é mais a garotinha que o papai tinha que colocar pra dormir, que você agora tem sete anos, está crescendo e suas antigas roupas já não lhe cabem mais… Então filha, quem faz isso acontecer é o tempo.
– Papai, do que você ta querendo falar?
– Luisa, é que o pai agora não vai mais poder te colocar pra dormir toda noite, nem contar histórias de dragões e princesas que você gosta de ouvir. O pai encontrou um emprego em outra cidade, um emprego que o papai sempre quis.
– Não pai, o senhor não pode me deixar. Como eu vou dormir se o senhor não contar as historinhas para mim?
– A mamãe conta, filha.
– Não, não. Se o senhor for eu nunca mais quero te ver.
– Minha filha, sabe aquele vestido de fadinha, azul, da vitrine da loja do shopping, que você toda vez que vê pede pro papai comprar?
– Sei sim, sei. O senhor vai me dá, pai?
– Não filha, é que o papai quer dizer é que o novo emprego do papai é como o vestidinho de fada, algo que o papai sempre pede, até mesmo quando dorme, e é a chance do pai. O papai não vai ter outra oportunidade dessa.
– Não, pai, o senhor não vai não.
– Minha filha, o pai precisa. Ó, o pai promete que todo final de semana vem te ver e te levar para tomar o teu sorvete favorito, e te levar no playcenter. Você não tem que chorar. Além do mais, sua mãe ainda vai estar aqui, com você, o tempo todo, filha.
– Mas eu queria que você estivesse aqui na hora do almoço, pai…
– Não, Luisa, não vai dar pro papai estar aqui todo dia no almoço, mas o pai promete almoçar contigo nos domingos.
– Não, pai, não…
– Luisa, o papai tem que ir agora, vê se não chora. Olha, pega, era a boneca mais bonita da loja.
– Não quero boneca, eu quero o senhor aqui.
– No fim da semana o pai vem, deixa ele ir agora.
– Não, pai, não.
– Tchau Luisa, cuide de sua mãe.
– Mamãe, não deixa o pai ir.
– O pai tem quer ir, Alice, dá tchau pra ele. – diz a mãe.
– Tchau pai, tchau.

Novo sol

Atrás das montanhas há de vir um novo sol. Ele virá espulsando toda escuridão, invadindo cada lugar aqui. Atrás das montanhas há de vir um novo sol, sustentado num novo céu. Um novo sol trará consigo um novo dia, uma esperança renovada, um aroma mais puro, um amor mais sincero. O problema não são os dias, mas sim a maneira com que eles são vividos. Me diz com quem tu andas que eu direi onde vais. Me diz a quem tu amas, que eu te direi do que és capaz.