()

Todo o mundo é uma ilha. Todo mundo é uma ilha. Pequenos universos infinitos. Paradoxo. Simples. Abstração materializada. Somos corpos que se atraem, pensamentos que se esvanecem, ondas que se dissipam. Somos carbono, hidrogênio e um toque de mestre. Nos odiamos facilmente, nos amamos sazonalmente. Pequenos e grandes sonhos sempre são possíveis pra nós. Sonhos felizes sem ter nada, as vezes tristes por ter tudo. Lar da incerteza, com surtos de certeza. Somos a última cena de um triste filme com um final quase feliz.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s